Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

insubmisso-sempre



Sábado, 28.09.13

AFINAL, O PROBLEMA É HAVER ELEIÇÕES...

E diz Crato que, no nosso país, se fala tanto de problemas na abertura do ano letivo por haver eleições, garantindo que na segunda-feira já tudo estará calado. Espantoso! Ao que parece, segundo este ministro, o atraso na colocação dos professores, a falta de professores que se mantém em muitas escolas, a falta de trabalhadores não docentes, a confusão com os manuais escolares, a tardia homologação de turmas e não de todas as que as escolas necessitavam, as turmas com diversos ano no 1.º Ciclo, as turmas com mais alunos do que o número legalmente estabelecido, o desrespeito pelos alunos com necessidades educativas especiais - e são várias as situações que desrespeitam princípios básicos da escola inclusiva -, enfim, tudo o que se passou e ainda se arrasta no sistema educativo, afinal, são problemas que não aconteceram, não passando de propaganda agitada por perigosa gente, decerto, ao serviço da oposição.

Talvez quando, segunda, terça, na próxima semana, no próximo mês... os problemas continuarem a ser denunciados, oiçamos Crato a dizer que em 26 de maio de 2014 já ninguém falará do assunto, pois, se tudo correr como previsto, em 25 de maio há novas eleições, no caso, europeias. E como em democracia há eleições regularmente, Crato até poderá dizer que enquanto houver democracia haverá sempre quem levante a voz para criticar o que se passa, nomeadamente na Educação. Bom, se conseguir dizer isso terá, finalmente, dito alguma coisa acertada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por insubmisso-sempre às 18:32

Sábado, 28.09.13

ENTÃO POR QUE NÃO HÁ-DE HAVER SEGUNDO RESGATE?

Sim, por que não há-de haver segundo resgate? Se o FMI, a UE e O BCE já perceberam que impondo um novo resgate a Portugal será possível continuarem a roubar os portugueses e a encherem os bolsos à sua custa, por que diabo iriam eles deixar de o fazer? São assim todos os assaltantes e todos os chantagistas... enquanto der não param.

Se dúvidas houvesse todos se dissiparam com os dados da execução orçamental: se a receita do Estado com o IRS que é roubado aos trabalhadores aumentou em 30%; se a receita proveniente do IRC aumentou 6%; se o IVA baixou mais de 2%... fica claro, para quem quer ver, que o dinheiro dos portugueses está a ser roubado e não investido na economia nacional. Roubado pela e para a gente da troika que tem, a seu soldo, os agentes que, por cá, lhe fazem o servicinho. E se a gente da troika é agradecida... o Barroso que o diga.

E como a polícia não mete estes sujeitos dentro, teremos de ser nós a pô-los fora. Amanhã os portugueses poderão dar um bom contributo para isso, basta que percebam que os meneses, os searas, os barbosas de melo, os... e os providências, os helderes (não me refiro aos mormons, mas mesmo ao de Viseu) e outros que tais são, nestas eleições, os fiéis representantes desta tropas fandanga.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por insubmisso-sempre às 18:08


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930